Canteiro de obras – 24/02/2018

R$ 900,00

Membros do Clube PINI do Conhecimento têm acesso liberado aos conteúdos Web ao Vivo e 50% de desconto para compra de cursos presenciais! Aproveite Agora

Assinantes das Revistas e TCPOweb têm 15% de desconto para aquisição dos cursos.

Limpar

REF: 3501506 Categorias ,

Descrição

Curso Canteiro de Obras

Data

24/02/2018

Formas de Participação

  • Presencial: Editora PINI – Avenida Paulista, 171, 6º andar – São Paulo (SP)

Objetivo

Habilitar o profissional para a execução correta do canteiro de obras, levantando no mínimo as questões mais relevantes e suas interferências. As aulas vão demonstrar as boas práticas do projeto de canteiro de obras com focos nas principais atividades, fluxos, equipamentos, dimensionamentos mínimos necessários, segurança e legislação. No segundo tempo do curso será apresentado um terreno, o escopo do projeto que será construído e será solicitado que seja projetado um canteiro, pensando nas atividades básicas das obras, suas fases e etapas de produção, o remanejamento para as garagens e, por fim, a desmobilização.

Instrutor

Flávio José Martins Nese

Mestre em Tecnologia de Construção de Edifícios / IPT Formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Mackenzie, possui pós-graduação em Gestão Empresarial e em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas, mestrado em Tecnologia e Racionalização Construtiva para Edifícios pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas, especialização em FEL – Front and Load e PPP – Pre-Project Planning. É associado ao PMI-SP – Project Management Institute, Bloco Brasil – Associação Brasileira da Indústria de Blocos de Concreto e Lean Construction Institute (LCI). Atualmente, atua como GP, gerente de projetos, responsável pelas ampliações e adequações legais dos imóveis da Fundação de Rotarianos de São Paulo – Colégio e Faculdades Integradas Rio Branco, Gestor Técnico da Moldharte Pré-fabricados em Concreto, Palestrante da ABCP – Associação Brasileira de Cimento Portland e responsável técnico e da Nese Arquitetura e Consultoria, empresa atuante no mercado de consultoria e projeto há mais de 25 anos. Autor dos livros – Manual Técnico de Alvenaria e Como Ler Plantas e Projetos.

Conteúdo programático

  1. Instalações provisórias:
  • Áreas de vivência e de apoio;
  • Refeitório;
  • Área de lazer;
  • Vestiário;
  • Banheiros;
  • Almoxarifado;
  • Escritório da obra;
  • Guarita do vigia e portaria.
  1. Plantão de vendas;
  2. Instalações provisórias: acessos à obra e tapumes;
  3. Movimentação e armazenamento de materiais;
  4. Dimensionamento das instalações;
  5. Definição do layout das áreas de armazenamento;
  6. Posto de produção de argamassa e concreto;
  7. Vias de circulação;
  8. Disposição do entulho;
  9. Armazenamento de cimento e agregados;
  10. Armazenamento de blocos e tijolos;
  11. Armazenamento de aço e armaduras;
  12. Armazenamento de tubos de PVC;
  13. Elevador de carga;
  14. Localização e Layout;
  15. Principais instalações de segurança;
  16. Elevador de passageiros;
  17. O PDCA no canteiro;
  18. Os resultados da nova conceituação serão:
  • Redução dos prazos de execução;
  • Redução dos níveis de local para estoque de materiais e mão de obra;
  • Melhoria da qualidade no processo decisório;
  • Redução do custo total de produção;
  • Maior valor agregado ao produto final;
  • Melhoria da qualidade do produto final.
  1. Instalações:
  • Tapumes;
  • Entradas provisórias;
  • Implantação da administração da obra;
  • Comunicação visual (segurança);
  • Comunicação visual (legal e propaganda);
  • Vestiário e sanitário;
  • Almoxarifado;
  • Refeitório;
  • Instalações hidráulicas provisórias;
  • Instalações elétricas provisórias.
  1. Proteções coletivas:
  • Proteções de taludes;
  • Proteção de lajes em execução;
  • Proteção de lajes concretadas;
  • Proteção de escadarias;
  • Proteção de shafts e vazios;
  • Bandejas;
  • Suportes de balancim;
  • Entrelaçamento de fachada.
  1. Gestão responsável:
  • Durabilidade;
  • Adaptabilidade;
  • Adequação às necessidades dos futuros usuários;
  • Adequação à finalidade do empreendimento;
  • Demonstrabilidade;
  • Facilidade de conservação e limpeza;
  • Mínima geração de resíduos durante o uso ou rotina de Conservação,
  • Forma de descarga no canteiro;
  • Transportes internos;
  • Modos de armazenagem;
  • Modos de aplicação;
  • Geração de resíduos na aplicação;
  • Consumo de água, energia elétrica e combustível;
  • Conceito de gestão.
  1. Elementos de canteiro
  • Ligados à produção
  • Local para central de argamassa;
  • Local para central de armação (corte/dobra/pré-montagem);
  • Local para central de fôrmas;
  • Local para central de pré-montagem de instalações;
  • Local para central de esquadrias;
  • Local para central de pré-moldados.
  1. De apoio à produção:
  • Almoxarifado de ferramentas;
  • Local para estoque de conexões;
  • Almoxarifado de empreiteiros;
  • Local para estoque relativo ao elevador;
  • Local para estoque de areia;
  • Local para estoque de esquadrias;
  • Local para estoque de argamassa intermediária;
  • Local para estoque de tintas;
  • Local para silo de argamassa pré-misturada a seco;
  • Local para estoque de cal em sacos;
  • Local para estoque de cimento em sacos;
  • Local para estoque de metais;
  • Local para estoque de louças;
  • Local para estoque de barras de aço;
  • Local para estoque de compensado fôrmas;
  • Local para estoque de argamassa industrializada em sacos;
  • Local para estoque de passarela para concretagem;
  • Local para estoque de tubos.

 

Informação adicional

Forma de participação

Presencial, Web ao vivo